PesquisaMorte:

ArquivoMorte

FeedMorte

CadastroMorte

Cadastre seu e-mail aqui:

Delivered by FeedBurner

sábado, 14 de março de 2015

K.G. - Capítulo ??? (ESBOÇO)

Recentemente postei isso no meu face, com os seguintes dizeres:


Eu achava que era especial.... que via o mundo de um jeito misterioso e difícil de interpretar... eu me achava enigmático... acredita? Bem, hoje só me acho uma pessoa boba mesmo... mas gostaria muito de compartilhar algo... Quando eu desenhava eu tentava passar mensagens pelos meus traços, baseado no que um amigo meu disse um dia "Seus desenhos falam muito sobre você". Então eu passei a inserir mensagens em cada quadro que eu fazia... você consegue interpretar essas mensagens? Um dia eu achei que dificilmente alguém conseguiria... afinal eu era um mistério... mas hoje creio que qualquer um consegue e minhas ideias são bem mais simples do que eu imaginava... enfim... Essa imagem é uma das páginas de um capítulo de uma historinha que eu desenhei... nela eu narro a trajetória de um personagem que me retrataria, e é atacado por lobos, tais quais ele elimina, um a um... no final ele descobre que cada um dos lobos era um ente querido, um amigo... mas tudo não passava de um sonho.

Normalmente quando posto algo da K.G., o faço após editar cada um dos textos e digitar, pois minha caligrafia e ortografia é uma desgraça... mas... pra aproveitar o tempo que gastei escaneando cada uma das páginas... decidi postar elas aqui também. No futuro, irei repassa-las e colocar na mesma ordem do meu portfólio, mas fica aqui pra você ler se quiser, e analisar meus traços... 

Boa leitura... se conseguir rs.

























































Shady. Ele era um antigo esboço do protagonista da K.G.












Bem, é isso. 

Um dia ainda volto a desenhar, e já tenho muitas ideias do que fazer... inspiração é o que não falta, afinal minha maior inspiração são meus sonhos, desejos e pensamentos... e vida.

Até a próxima... ah... daqui a pouco posto a Análise de Mega Man ZX!


14 comentários:

  1. Porque você inconscientemente riria matando entes queridos? Se uma história fala muito sobre o autor , você me parece alguém muito sozinho ou depressivo. Eu gostei dos efeitos de velocidade e efeitos no cenário. Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. De fato, uma das interpretações e mensagens que tentei passar pela história foi essa. Mas tem mais significados ocultos. Como eu disse, cada quadro tem uma mensagem... eu me surpreendo com a clareza em que me auto-descrevi nesse capítulo da KG... mas a ideia é exatamente intrigar o leitor com o fato do personagem se sentir feliz ao fazer algo tão destrutivo para si mesmo... reparou nos olhos?

      Sobre sua crítica, vlw rs... eu sou amador e to aprendendo a desenhar... fico feliz que esteja acertando hehe... vlw Sr Artikuno!

      Excluir
    2. Os olhares alternaram na minha perspectiva entre reflexivos, olhares insanos ao lutar com os lobos e até um olhar contente. Mas mesmo que seja muito mais profundo, não é tão fácil interpretar todos os detalhes, eu não o conheço tão bem para notar o que dever ser de fato algo pensado e o que pode ser mera especulação sobre o detalhe. Mas sim, continue desenhando. Abraço Sr.Shady

      Excluir
    3. Vlw Sr Artikuno.... antes eu costumava desenhar quadros dispersos e conecta-los, mas acho que a ideia do "Massacre dos Lobos" ficou interessante o suficiente pra ser aplicada.nos meus demais desenhos. Estou planejando para as próximas histórias, mudar o padrão e, criar uma história direta sem vinculo obrigatório com as demais... pelo menos vou tentar. Vou desenhar as histórias mais iradas que já pensei, sem me preocupar com o caminho até chegar nelas... tipo grandes lutas, ou grandes revelações... farei tudo pelos desenhos mesmo.

      Bem, vlw Sr Artikuno, e até!

      Excluir
  2. Gostei muito da sua historia ficou otima o pesonagem me lembra o sasuke uchiha , (esperando sua analise sobre sh downpour) (voce podia fazer uma analise sobre final fantasy talvez) asss: yuki wonkan

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma curiosidade: O personagem, Shura, é um robô... e eu coloco nele tudo o que sou por dentro... todos meus medos, desejos, receios, sentimentos ruins e bons... tudo o que tem em mim, eu desenho e incorporo nele. Exemplo: O cabelo dele é longo e tem 6 pontas como franja na frente... junto com o detalhe dos olhos, formam-se 8 pontas capilares... isso é uma referência ao meu medo de aranhas. Desenhar algo que me lembre aranhas como uma característica principal do meu próprio personagem, é uma forma de desenhar um de meus medos e ao mesmo tempo, registra-lo e supera-lo... ao menos em arte. Doidera né?

      SH Downpour virá em breve... mas antes preciso encerrar Mega Man ZX, ta quase pronto já. Sobre Final Fantasy, eu pensei em falar de FF9, que é um dos meus favoritos, ou do 12, que também é um dos meus favoritos.... mas no final acho que falarei de mais um Kingdom Heart primeiro.

      Vlw Sr Igor... ou Yuki.... e seja bem vindo!

      Excluir
    2. Doidera cara, eu sabia que tinha algo de intrigante nos olhos dele, mostrar medos ou qualidades sempre define o personagem, porem cada um lida com o medo de forma diferente o que modifica o personagem em si, ja que o medo faz ele agir como é por dentro, mais eu achava que robos não tinham medo ou ele tem as memorias de outra pessoa
      Final fantasy 12 eu ja joguei e é um dos meus favoritos , o 9 eu não joguei mais sei da historia e achovela boa, entao que venha megaman e kingdom hearts

      Excluir
    3. Interessante...

      Sobre os FF, o tenso de falar dele é que é um RPG bem longo.... eu teria de resumir bastante... no caso do 9, são 4 cds rs.... e o 12 eu fiz 170 horas de jogo.... então é algo complicado pra tirar fotos... mas um dia eu faço.

      Sobre Mega Man ZX, ta pronto já. To colocando as fotos apenas.... e ficou uma análise curta, mas ficou decente rs.... hoje posto.

      Sobre Kingdom Heart, já me decidi. Falarei do 1... eu consegui uma versão espanhol dele... a ultima que eu joguei era americana, e eu adoro comparar idiomas. De toda forma, vou finalizar ele primeiro e escrever depois, pra refrescar a memória sobre a história e pra pegar fotos.

      Até Sr Igor.... ou Yuki...

      Excluir
  3. Já li todinha pelo face, achei bem interessante. O personagem em si é complexo, embora a ideia em si já tenha sido usado várias vezes em desenhos, filmes e tudo mais (personagem ambíguo, faz coisas terríveis mas não é exatamente maligno, apenas passou por experiências muito ruins). Digo que toda "obra" de uma pessoa está uma parte dela, como você mesmo já comentou e no caso esse robô. Essa ambiguidade inclusive me lembra a Mona Vaderwaal da série Pretty Little Liars (somo realmente bem parecidos, minha querida Mona) que passou por muito bulllying, e é uma das pessoas mais inteligentes e interessantes da série, embora bastante solitária. Em todo caso, fico feliz que tenha decidido compartilhar conosco!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hehe.... fico feliz por ter gostado e entendido.... de fato, há parte de mim nisso ai... mas ficará surpreso com meus trabalhos futuros.

      Sr Marcio, desculpe o desaparecimento ,estou focado em uma análise rs... eu esperei anos por isso, e finalmente chegou a hora de faze-la... e estou fazendo. Acho... só acho... que consigo terminar amanhã... é um dos meus objetivos de vida mano T_T.

      Essa análise é tão importante pra mim quanto a de SHHC... então pode crer... será uma das melhores!

      See yah!

      Excluir
  4. O cara matou seus amigos inconsientemente e matando ele mesmo? que tenebroso

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma analogia... repare que tudo é incorporado nos detalhes. Com o tempo eu comecei a dominar meus desenhos de uma forma em que eu não apenas controlava o que eu transcrevia da minha própria personalidade no papel, como também aprendi a interpretar isso.

      Repare que o cara estava cego durante toda a história... olhos negros, tais quais eu fazia questão de colorir... no final ele tem mais brilho nos olhos, enquanto seu "reflexo" fica cego em seu lugar e ele se mata... a ideia de que ele estava cego enquanto atava seus amigos, e por fim mata a si mesmo, seu eu sem visão, é uma forma de definir uma situação de conflito psicológico e social... alguém que fere seus entes queridos sem saber e por isso, acaba ferindo a si mesmo... esse sou eu as vezes.... pelo menos esse era eu quando desenhei essas páginas.

      Maluco né?!

      Excluir
  5. Uma pergunta vc aceita dicas assim o seu manga é demais e a história ótima caso vc aceite eu sou o garoto que foi com a mãe fazer a matrícula do murilo

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Seguidores do Google+