PesquisaMorte:

ArquivoMorte

FeedMorte

CadastroMorte

Cadastre seu e-mail aqui:

Delivered by FeedBurner

quinta-feira, 2 de janeiro de 2014

Algumas coisas do Passado do Ragnarok Online

Não queria fazer algo baseado em notícia velha mas, conforme as Leis do Morte sou forçado a responder comentários com outros comentários ou novos posts, e apesar de eu ter respondido comentando, achei uma boa criar um post próprio pra isso, afinal é algo grandinho pra se escrever e é bom deixar um espaço próprio e mais organizado, ao invés de deixar somente como comentário.

Se você leu Uma verdade sobre Ragnarok Online deve ter reparado que eu falei de algo, porém as imagens que coloquei pra ilustrar não estavam 100% vinculadas ao tema, diferente do que eu costumo fazer nos posts de análises ou guias. As imagens que postei foram "Aleatórias" mas, cada uma possui uma história. 

Dentre elas, esta chamou a atenção:


Essa imagem mostra um Aprendiz Furtando uma Carta. Porém não é só isso.

Esse Aprendiz sou eu, numa época em que eu colecionava habilidades de Aprendiz, além de quests e aventuras. Alias, essa foto é minha, testando algumas das habilidades:


Um dia soube que viria a Carta Stapo (Permite usar Arremessar e Procurar Pedras) para o Thor, junto com o episódio novo de Morroc, daí eu me empolguei e esperei o lançamento ansiosíssimo.

Quando foi lançada, peguei meu Aprendiz, com minha Carta Coringa (Permite usar Furto nível 1), e fui buscar minhas duas novas habilidades pra lista! Como não bastava conseguir elas, eu precisava conseguir com o próprio Aprendiz. Fazia parte do meu orgulho de jogador. 

Claro, se parar pra pensar um Desordeiro com 2 Anéis de Gatuno e full Furto 10 poderia (tentar) fazer o mesmo e quem sabe, teria uma facilidade maior. Mas eu precisava conquistar a carta com minhas próprias mãos, e eu tinha esse mesmo pensamento pra tudo com o Tay, aliás ainda tenho, porém ele teve um trágico fim, como anunciado no link abaixo, junto com a lista de habilidades que eu obtive com ele.


Detalhe que eu de fato consegui ir muito longe com ele, e se você acha que isso foi a coisa mais surpreendente que já consegui fazer como Tay, acredite, isso foi só mais uma das conquistas dele! Eu realizei tantas outras proezas com ele... que chego a beirar o divino! (Nem me acho né?)

Se ainda assim duvida da veracidade dessa conquista, eu tomei a liberdade de pesquisar as datas entre a chegada da carta no Thor e o drop dela pelo furto, de aprendiz.

O Furto ocorreu dia 21/04/2009 (Veja pela data no print)



Eu tenho o costume de dizer que dropei 1 dia depois de ser lançada, mas não é uma verdade, demorei 2 meses, sem parar, furtando e furtando. Mas o tempo passou bem rápido e pra mim, como já tava acostumado a ser muito paciente, pareceu só algumas horas rs.

Outra coisa, na época ninguém caçava Stapo, era inclusive muito raro alguém aparecer, mas mesmo assim não tenho certeza se fui de fato o primeiro a dropar a  Carta Stapo (Furtar eu não duvido XD), mas se não fui eu o primeiro, ao menos um dos primeiros eu fui.

Depois de explicar essa imagem por comentários, acabei comentando também sobre as seguintes fotos:

Hady



Hady(nie)





Dean



Dean(a)





Se você reparou, meus personagens trocaram de sexo. E ainda tenho mais algumas imagens disso:

Hadynie causando!


Deana sensualizando! 


Muito fofo não?! 

Pois bem, isso foi um dos bugs da época, onde os jogadores estavam trocando de sexo ao deslogar, com 50% de chances (kkk). 

Pareceu que era algum tipo de erro no "sistema de castigos dos clãs", e esse sistema passou a atingir todos os jogadores, e pior, passou a afetar os personagens fisicamente! 

Mas o erro em questão eu nunca descobri exatamente qual foi, sei que lembrou muito o que acontece quando um jogador fica muito tempo offline e sem logar num clã, onde a classe dele muda de sexo na descrição de seu personagem na janela do clã, até que ele logue novamente e seu "castigo" seja retirado automaticamente. 




Porquê isso ocorre? Eu sei la! Mas ocorre, e é muito comum alias.

Enfim, naquela época de bugs e compensações eternas, o jogo tinha disso. Eram bugs divertidos, diferente dos de hoje que só servem pra ferrar mesmo. Os bugs do passado eram muito engraçados. (E apesar de ainda haver a troca de sexo dos personagens em suas descrições nos clãs, quando inativos, não é a mesma coisa que mudar de sexo na íntegra!)

Mas apenas personagens que tinham seu equivalente no sexo oposto eram afetados pelo bug de troca de sexo. Personagens sem essa característica ficavam com "Sprite Fantasma", tipo quando um item que não teve seu sprite implementado ainda surge ou é removido de forma indevida, seja em lojas ou inventários, dai fica uma coisa invisível, com sombra, daí quando você clica, você leva Gravity Error. 


Os personagens como Bardos, que não podiam virar Odaliscas, já que são classes diferentes, quando afetados pelo bug da troca de sexo, tinham a guia de seleção dos personagens travada, e quando você colocava nela, o jogo dava Gravity Error e fechava. Logo, tanto os personagens da classe Bardo/Odalisca quanto os personagens que estavam na mesma guia não podiam "usufruir" do bug.

Mas aqueles que podiam o fizeram, e fizeram muito bem, inclusive provocaram um dos momentos mais engraçados da história do Rag. Um casal de jogadores casou, sim... com chares do mesmo sexo. Foi tecnicamente o primeiro casamento Gay do Ragnarok no bRO, porém não foi o único. 

Muitos espertinhos se aproveitaram da situação, e não se contentaram somente com fotos de seus chares
afeminados/masculinizados. Eles começaram a causar, e isso teve um trágico fim. 


Todos receberam punição por Bug Exploit, mas ainda assim, se divertiram muito e fizeram parte da história maluca do Rag.

Eu não fui um dos casais Gays, porém tive a honra de ser um dos "Gays Temporários" e pude ver meus personagens afeminados! Ao menos a maioria... afinal meu Bardo e meu Aprendiz foram machos até o fim, e preferiram evitar dar as caras à me darem o prazer de velos de vestido.

Então é isso! Espero ter explicado o suficiente sobre as imagens em questão, e caso tenha alguma dúvida ou curiosidade, por favor comente, e seguirei a Lei.

10 comentários:

  1. Acabei de achar este blog! Estava buscando noticias relacionadas ao Ragnarok, pois estou de férias e estive jogando o mmo por esses dias. Conheço o jogo desde os meados de 2005 e desde então nunca consigo abandoná-lo por completo. Sabe, eu compartilho das mesmas idéias que vc, acabei de ler tbm seu post de revelação do ragnarok e achei incrível! Ragnarok realmente é muito divertido e não gostaria que ele se desfizesse...tenho saudades de ver as cidades cheias de gente, mas gente mesmo, não apenas lojinhas em prontera. Ontem mesmo eu estava visitando Kunlun, Brasilis, Moskovia,(uma pena vê-las tão vazias) e por coincidência li que vc se referiu a elas no seu post...que demais!
    Eu nunca fui tão participativo no game a ponto de ir a woes, pvp, essas coisas...mas me divertia muito com meus amigos, e adorava fazer quests para conhecer um pouco da história.
    Realmente, este é o único mmorpg que me prendeu dessa maneira e me traz tanta nostalgia que não consigo largá-lo de vez.
    Obrigado por escrever um post tão atual e interessante
    Espero que leia a humilde opnião deste leitor.
    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nostalgia é um sentimento reciproco no Rag.

      Queria tanto que o antigo modo de jogo retornasse... mas infelizmente precisamos aceitar as mudanças e seguir em frente.

      Nem preciso dizer o quanto concordo contigo. Saca, o projeto Global foi criado com o intuito de divulgar os diferentes países e culturas que participam do universo atual de Ragnarok Online. Mas de que adiantar ter esse espaço divulgado se não há qualquer motivação do próprio jogo para exploração desses locais.

      A maior besteria que a Gravity fez foi remover as premiações devidamente equilibradas das quests. Jogador nenhum vai perder seu tempo fazendo missões se n ofinal, sua única premiação é conhecimento. É meio triste pensar assim mas é verdade. Não é nem ignorância por parte dos jogadores... é só falta de incentivo mesmo.

      Rag era perfeito quando tinha jogadores além dos pvplayers e mercadores. O jogo abrangia coletividade em todo seu conteúdo... hoje não mais.

      Obrigado pelo comentário e... ahhh... conforme eu to acompanhando o http://ro.vrc7.net to vendo que vem surgindo novidades que parecem tentar resgatar a interatividade universal de Ragnarok. Quem sabe a Gravity decida ver esse lado do jogo, o lado aventureiro, e resgate-o de vez.

      Excluir
    2. Bom, vc já deve ter ouvido falar de Tree of Savior né?
      Estou com esperanças de que este mmorpg resgate a essência de Ragnarok, visto que seu criador é aquele que arquitetou o Rag.
      Estou super ansioso para ver o resultado!!
      Abraços

      Excluir
    3. Não ouvi não... mas já gastei muito tempo com rag... e já busquei outros mmos e nada... não me vejo jogando outro game, mesmo com a essência do rag, além do próprio rag. Mas verei como é, vai que eu curto... né

      Excluir
    4. Procure por um video do jogo no youtube! Parece ser um mmo fantástico.
      Parece que irão lançar Beta server agora em fevereiro.

      Excluir
    5. Já to vendo... fiquei animado.... que lindo. Um action mmorpg... isso é muito fod4... a beleza e simplicidade gráfica e as possibilidades apresentadas são impressionantes. Disse que não jogaria? Volto atras! Eu to ansioso pra jogar!!! Vlw a dica.

      Ah, uma coisa. Provavelmente, na primeira semana de fevereiro a evolução de ninja será lançada nos servidores brasileiros do rag. ^^

      Excluir
  2. Eh legal ver as histórias do rag.
    Fico feliz em ver as antigas prints do rag, pena que já se foi esse tempo =/

    Por D. Criador.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se ao menos retornassem o antigo sistema... e voltassem com os objetivos pros jogadores... talvez o jogo voltasse a vida role play.

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Seguidores do Google+