PesquisaMorte:

ArquivoMorte

FeedMorte

CadastroMorte

Cadastre seu e-mail aqui:

Delivered by FeedBurner

domingo, 20 de abril de 2014

Sempre que tudo fica bom de mais...

O que fazer... o que pensar... o que decidir? 

Fiz escolhas que me retornaram ao inicio de tudo... e agora? Cometerei os mesmos erros ou farei o impossível: Escolherei certo.

ALERTA: 

Se você não quer ler bobagem romântica, pare de ler por aqui. O texto a seguir é puramente isso... Um acúmulo quase insuportável de romance exagerado. Então não leia... a menos que você esteja curioso sobre minha vida... ou seja uma garota romântica que ama novelas... ou apenas teja entediado mesmo e ta afim de perder alguns minutos de leitura.





Cabe a mim decidir se vale a pena sacrificar um sentimento platônico por um conforto duradouro ou arriscar, novamente, para talvez obter a felicidade final.

Tenso isso, mas na realidade estou sem vontade alguma de fazer as escolhas "certas". Abandonar um sentimento não é fácil... mas eu sofrerei de novo se não fizer-lo... a menos que a outra pessoa decida não errar, pelo meu bem, o que é improvável. 

O que farei... o que direi... o que serei? Minha decisão inicial era de ser um pai, somente um pai, mas e agora? Serei um pai apenas ou... me atrevo a lutar por um sentimento que a muito deveria ter esquecido?

As respostas são simples e diretas: Siga em frente.

Não devo repetir erros e nem confiar em quem já me feriu antes, mais de uma vez (sendo a última quase mortal)... e apesar de querer muito confiar... sei que não devo, e provavelmente não irei.

Queria tanto que meus sentimentos fossem correspondidos... tanto amor jogado no lixo... tanta dedicação desperdiçada... tudo apagado de um dia pro outro. 

Seria possível fazer isso? Será que serei forte suficiente pra esconder pelo resto de minha vida todo o amor que sinto por ela... alias... tudo o que sinto por ela? 

"Que ela viva feliz com quem quiser viver, temos um filho, e a esse filho me dedicarei..." enquanto ela.... que viva da forma como desejar... desde que seja feliz. 

É triste pensar assim... imaginar aquele que você ama distante de você emocionalmente, pra variar, com mais de uma ligação eterna contigo... mas... mas... fazer o que. 

Ela está feliz com aqueles que a fazem feliz, e eu... não sou suficiente pra suprir as diferentes necessidades dela. Eu acabei de voltar e veja como estou pensando...

Meu amor, meu eu, meu ser, minha dedicação... nada disso é suficiente pra ela... que alega me amar... mas evidentemente não me ama.

Quem sou eu pra julgar? Bem... apenas um ferido de guerra... um tipo de veterano massacrado emocionalmente, com cegueira e medo de ter qualquer tipo de otimismo. Eu não sou nada para julgar... 

De que adianta isso aqui?! Desabafo, mero desabafo. Dentre tantas alegrias eu cheguei ao impasse... o mesmo impasse... novamente.

Ela me iludiu, eu me deixei iludir. Deixei-me acreditar com a possibilidade de um casamento, de uma família completa para meu filho. Mas, terei de me contentar com um filho, um amado filho, ao qual me dedicarei mais do que me dediquei/dedico/dedicarei a qualquer outro no mundo, e a solidão. 

Solidão essa gerada por um amor jamais correspondido. Lamentável realidade, mas... que seja.

Espero que você srta Key seja feliz com quem quer que escolha ser feliz. E um dia, quem sabe, você veja e valorize quem eu realmente sou/fui.

Você diz que não busca em outro a felicidade... então por que? Mero desejo? Necessidade? Realmente ainda precisa disso?

Hoje, me mantenho indeciso. Mas iludido... bem... isso saberei com a resposta desse texto.

Que a amo, isso é fato. Mas esconderei esse amor se preciso, e me apresentarei como um amigo apenas. O melhor que você poderá ter! Mas que fique claro, eu sempre estarei e me sentirei sozinho, pois me recuso a procurar em outra/outro a alegria que quero ter ao seu lado.

Temos um filho, e isso já é o suficiente para motivar minha existência e peregrinação, em busca de... uma vida longa e próspera.

A felicidade que eu quero, só terei se for ao seu lado. Seja teimosia minha, ou algum reflexo de tudo pelo que passei, não importa, é o que eu quero.

Mas não se preocupe, não mudarei meu jeito contigo. Serei seu quase conselheiro, seu quase ouvinte, seu quase amante, seu quase confidente, seu quase parceiro, seu quase homem. Serei seu melhor amigo, até o dia em que alguém melhor, mais completo e perfeito surja, e lhe sirva da forma como eu tanto queria servir.

É como você pensa... eu penso... de forma diferente claro... porém igual (???) Você tem medo de... dividir um amor que já existe em você. Medo de arriscar amar mais alguém, como já ama ele. Por isso não pretende ter outro... eu vejo basicamente pelo mesmo ponto de vista. Egoísmo a parte, qual o sentido em buscar paixão em mais de uma pessoa... se já é difícil se dedicar a uma apenas? Vale o risco? Vale tanto o risco? Manter opções em aberto ao invés de ser... fiel? Fidelidade... palavra sem qualquer valor nos dias atuais.

Não interferirei mais em sua vida. Aliás, nem deveria ter começado a fazê-lo. Achei certo tentar... apenas tentar... correr atrás de um passado que, com suas próprias palavras, "jamais deveria ter sido deixado".

A dúvida que paira em minha mente, atualmente, é essa: Porque não arriscar comigo? Porque não me dar a chance de completar o que não fui capaz de completar no passado? Eu sou tão fracassado assim pra você?

Sua vida é cheia de problemas... a minha também... mas a nossa vida, aquela que existe entre nós, conectada por uma ponte chamada Thiago, essa vida deveria ser tão deturbada assim? Custa tentar acerta-la?

Me sinto tão egoísta falando assim... mas de certa forma me expresso bem por fala e muito melhor por texto (e cara, eu enrolo mais que o cabelo da Rapunzel) mas... é o que posso fazer. E moça, eu sei tudo o que você faz. Sei de suas correrias... sei o tanto que você ta lutando pras coisas darem certo. Mas moça... sacrifícios são necessários, você sabe... temos de fazer o possível pra aguentar isso.

Você está lendo isso, tenho certeza que está, e se chegou aqui, deve estar... descontente. 

Aliás... e se eu parar de tentar descobrir o que você pensa? E se te dar a chance de me responder claramente e diretamente, com suas palavras (digitadas por mim)?

Me diga, o que sente:

1 - Desgosto
2 - Alegria
3 - Tristeza
4 - Confusão
5 - Cansaço
6 - Enjoou
7 - Nojo
8 - Pena
9 - Compaixão
10 - Raiva
11 - Desprezo
12 - Desconforto
13 - Conforto
14 - Incerteza
15 - Dúvida
16 - Clareza
17 - Ódio (porque não?)
18 - Amor 
19 - Descontentamento
20 - Impaciência
21 - Indiferença
22 - Revolta
23 - Tédio
24 - Orgulho
25 - Chateação
26 - Medo
27 - Desespero
28 - Outras Alternativas (favor citar quais)

Satisfeita? Ah é, 

29 - Satisfação

Meu texto foi feito com base em todas as ocorrências desde... desde o dia em que você me mostrou que não sou o monstro que achei que era. Você me mostrou que posso sim satisfaze-la de todas as formas que deseja... só não entendo porque você ainda procura mais... em outros... se como você mesma disse "Procurei tanto e tudo o que precisava e queria está ai, em você"

Palavras da boca pra fora? Você muda tão rápido de opinião assim?

Devo acreditar em você? E nem se atreva a dizer que "mudou muito nesses três anos" pois minha cara, querendo ou não, eu também mudei... e não foi pra melhor não. Mas algo que aprendi, é que... não vale a pena sofrer por algo que pode ser resolvido com decisões simples. Basta coragem e iniciativa... e você é rica nesse sentido.

Você terá meu apoio sempre, em qualquer decisão que tomar, seja pelo meu bem, seja pelo seu próprio bem (alias me lembrei do conselho que me deram sobre jamais sacrificar coisas pelo bem dos outros, apenas pelo seu próprio bem... não querendo influenciar suas decisões nem nada kkk... mas se fizer algo pensando apenas em si mesma, nem grila, não é egoísmo, é apenas... decisão, e isso eu entendo ta.)

Complicado ahn... eu to me estendendo pacas.... na real queria apenas desabafar como me senti hoje, e acabei extrapolando... mas também pudera... estive certo o dia inteiro... a semana inteira.

Bem que reparei que você passou a me evitar... afinal, você já tem coisas às quais se dedicar. 

Meu filho... não se preocupe com meus pensamentos sobre ele. 

Meus irmãos e pais querem um pedacinho dele também, então eu terei tempo pela frente pra curtir ele. Só não forçarei nada, nem ele nem a mim. Eu não tenho tanta energia assim pra ficar correndo pela casa/parque/zoológico/cinema/eventos a todo momento... e como ficou óbvio, meu mundo é parado de mais pra ele... mas não significa que não ficarei próximo a ele... eu já estou. Quando você se afastar, o que provavelmente fará logo após terminar de ler essa bagaça aqui, verá que eu me dedicarei ainda mais ao Thi.

Mas se por alguma razão (esperança minha amiga, esperança... eu tenho tanta!) você decida se aproximar ainda mais... pense nisso como uma forma de completar a família do Thiago. Ele terá uma mãe, e um pai, próximos, juntos, física e emocionalmente, e isso é algo que uma criança percebe. 

Apelo a parte, não deixe que isso interfira em nada na sua cachola. Você decide o que quiser decidir, só pense bem antes de responder. E nem ligue pro ferimento em meu peito, ele ta cauterizado já... costurado e cicatrizadaço, então pode judiar a vontade... pois sou forte, e posso aguentar.

Quem ama supera tudo, até mesmo a própria desolação.

30 - Desolação

Um detalhe que quase esqueci: Sei que quem ta invadindo sua vida, de novo, sou eu. Voltei do nada e já estou cobrando algo que... não é de meu direito. Você já estava envolvida quando voltei, e não é porque voltei que você queira voltar. A iniciativa foi... minha... então não te forçarei a tomar parte da minha decisão. Continue se divertindo... eu quem decidi viver sozinho... ^^... 

Pra finalizar, enjoe com as palavras finais desse aspirante a poeta:

Te amo, do fundo do que quer que seja responsável por esse amor, e respeitarei tudo o que você quiser fazer. E mesmo se decidir se afastar, não me esqueça, nem substitua (sei que disse que não o fará, mas custa pedir de novo, vai que você esquece) 

Seu eterno amigo, melhor amigo, melhor dos melhores amigos, aquele que mais te ama no mundo (dentre os milhões de caras que você seduziu, e também dentre as milhares de pessoas com quem você já conviveu) e sempre, sempre estará ao seu lado, mesmo a quilômetros de distância. 

Eu amo você, com todos os significados possíveis dessa frase. 


E aos demais que leram isso, mesmo que por pura curiosidade... malz ta... eu não tenho diario, nem agenda... e sou dono do blog... então posto o que eu quiser, porque tenho vontade de postar o que eu quiser. Respeite. E se não gostou, eu não to nem ai. Farei analises depois dai você lê e curte... esse texto foi mais pessoal que tudo, então é normal que você vomite após ler. Esse sou eu.

Beijos. 

11 comentários:

  1. Sinto compaixão por você meu amigo. Acredito poder chama-lo assim meu caro... mesmo pela distância de uma tela a outra quero apoia-lo aqui com minhas palavras pois é só o que tenho a oferecer-lhe.
    Cara não fique assim, você já deve ter ouvido isso... mas tipo, o melhor que tem a fazer é tentar esquece-la, saia mais com os amigos, procure fazer coisas diferentes e tal, ficar preso em casa faz mal, não deixe de dar atenção apoio e principalmente amor ao seu filho, o problema pode afeta-lo mais do que a ti. Não deixe esse sentimento morrer em você, no tempo certo na hora certa a pessoa certa aparecerá para ti. Acredite, será quando menos espera.
    Um forte abraço e melhoras :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi apenas o momento... eu estou bem, não grila. To fazendo a analise de silente hill shattered xD

      Excluir
  2. Fico feliz em ver pelo comentário acima que você se recuperou! Nessas horas eu provavelmente só ia querer paz, paz e sossego. Nem palavras boas nem más, você precisa refletir,precisa pensar... mas no final as coisas se acalmam, e mesmo que não você tem de viver. O mundo não pode e e nem deve parar porque você tem problemas tão sérios para resolver, mas você tem mesmo que continuar,principalmente pelo seu filho!

    ResponderExcluir
  3. https://www.youtube.com/watch?v=0iPEdfh6Kyw

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se ferrar kkk... coloquei na análise... Vlw sr!!! Eu nem tinha me tocado que a trilha sonora dessa joça é tão fod4... é SH man... é sh! Eu esqueci desse detalhe hehe.

      Excluir
    2. Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
      https://www.youtube.com/watch?v=Isk-nraYumA
      Outra, essa é de luto pela morte da minha querida Mona Vandreawaal...

      Excluir
    3. Triste... a cara dela ''Você está tão jovem e bonita, e uma coisa eu sei que é verdade Você estará morta antes do seu tempo acabar... nós temos que sair desse lugar, nem que seja a última coisa que façamos. Nós temos que sair desse lugar porque há uma vida melhor para eu e você...''

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Seguidores do Google+