PesquisaMorte:

ArquivoMorte

FeedMorte

CadastroMorte

Cadastre seu e-mail aqui:

Delivered by FeedBurner

segunda-feira, 30 de setembro de 2013

A Genialidade por trás de Panico na Bunda.



Bem, hoje, Domingo, 29/09/2013, estava eu e meu irmão assistindo Pânico na Band e acompanhando a resolução de um dos conflitos do momento.

Pra quem não acompanha vou resumir:


Guilherme foi frequentemente vítima de Bullying no programa Pânico, sendo muitas vezes agredido durante filmagens... até ai beleza, só mais piada em cima dos outros, ao bom e velho estilo jackass.

http://www.youtube.com/watch?v=W6rYEke_rs8

Porém um dia Eduardo Sterblitch criou um personagem que passaria a humilhar guilherme de várias formas diferentes, durantes várias edições seguintes.

http://www.youtube.com/watch?v=mTaiOUWoRO4



Um dia Guilherme acabou sendo ainda mais vitimado, e recebeu uma "trollada" de Edu junto com Bolinha. ele foi seduzido por uma Panicat da qual ele, como muitos outros marmanjos, sentia atração e posteriormente, foi enganado ao trocarem a panicat Carol Dias por uma Drag Queen, que só foi descoberta por Guilherme na hora H.

http://www.youtube.com/watch?v=3RTfTGL48a4

Contudo, para se vingar, juntamente a todo sensacionalismo do programa e seus dirigentes, Guilherme conseguiu direito a 1 semana para ficar com Carol Dias, para conquista-la e tudo mais. ele só foi trollado ainda mais ao descobrir que para isso teria de viajar para fora do pais, a pé, ou com recursos limitadíssimos, e ainda com alguns membros do elenco "mob link" do Pânico colocados em seu caminho só para prejudicar ainda mais seu trajeto.

http://www.youtube.com/watch?v=g5BWrg79L6k

No final, ele se encontrou com a panicat e a mesma colocou ele oficialmente na friendzone, sem se quer direito a um beijo.

http://www.youtube.com/watch?v=IYWDzpnK4og

Desiludido ele se vingou de Eduardo, revertendo o próprio quadro dele, sem prévio aviso, e torturando-o de todas as formas que ele lhe avia torturado anteriormente, e para que ele não fugisse, como era de seu costume, ele o prendeu em uma maca.

http://www.youtube.com/watch?v=qtUy0HNceUc

Após isso, Eduardo e Carioca decidiram parar de fazer quadros para o Pânico na Band, alegando que Guilherme havia acabado com a graça dos mesmos, e em seguida, ambos deram inicio a uma gerra por espaço, onde somente um deles teria direito a um quadro. Antes, Guilherme tentou dar continuidade ao quadro já existente, onde ele descaradamente faria as imitações de seus colegas, por contra própria, e sem ajuda do elenco principal.

http://www.youtube.com/watch?v=AehR1k-MBvM

Sem sucesso, deu-se inicio a uma disputa onde, um Guilherme deveria criar um quadro decente para competir contra um quadro original de Eduardo. Somente um dos dois quadros poderia se manter no programa, e a competição iniciou. O primeiro round foi entre o quadro "A Turma do Marcelo Sem Pente" Vs "A Turma do Marcelo Sem Dente"...

http://www.youtube.com/watch?v=pThS4o6Zi3Y

onde o quadro Guilherme novamente ficou horrível pela falta de criatividade e originalidade, porém Eduardo e Carioca se recusaram a continuar o quadro da "Turma do Marcelo Sem Dente", e receberam intimação da direção para criar quadros novos.

http://www.youtube.com/watch?v=fSA0oSFJWlo

O segundo round foi entre "Pânico na Bunda" de Gui  e "A Praça é Grossa" de Eduardo, sendo esta uma paródia da "Praça é Nossa" do SBT, contando com praticamente todos os membros do elenco principal de Panico na Band.

http://www.youtube.com/watch?v=PwIVQjpBO8Q

No caso, Pânico na Bunda venceu, como primeira paródia feita do Pânico, pelo Pânico, e contando com a participação de somente Guilherme Santanna e alguns amigos dele, nenhum membro do elenco principal.

http://www.youtube.com/watch?v=8DXF6GKc1Mw

Com revanche, surgiu o terceiro round onde "Pânico na Bunda" recebeu um novo capítulo e um quadro chamado "Fodástico" de Edu estreou, que deveria ser como uma forma de substituir o novo programa do Gui...

http://www.youtube.com/watch?v=wCxfjtekQlw

Pois bem, meu irmão, de 15 anos, ficou intrigado e disse:

"Prefiro o Edu do que o Gui e acho que 'Fodástico' foi melhor que 'Pânico na Bunda'."

Eu dei minha opinião, contradizendo a dele, afinal, achei 'Pânico na Bunda' melhor que 'Fodástico'.

Ele apenas olhou pra mim com arrogância e menosprezo, e disse que eu não sabia o que estava falando e que o programa do Gui, àquele que estava apenas repetindo o passado do Pânico, não trazia nada novo, mas sim, coisas repetidas e sem graça... já o quadro do Edu, estaria trazendo coisas novas e engraçadas.

Eu me assustei com essa declaração, pois por incrível que pareça não consegui ver o "humor" no quadro do Edu, diferente do que observei no do Gui.

Sigo uma política clara onde, não basta impor sua opinião e ignorar a dos outros. É preciso explicar a sua opinião de forma a tentar convencer os outros de que está certo, ou de que ela é no mínimo aceitável e compreensível.

Buscando isso, para compreender os pensamentos do meu irmão adolescente e entender onde estava o humor que ele tanto aclamava no quadro produzido por Edu, eu pedi para que ele me explicasse isso com as palavras dele, e estas foram elas:

"Edu ta a mais tempo no Pânico que o Gui, chega o Gui e tenta mostrar que é melhor que ele, destrói o quadro dele, e ainda vem querer bancar o coitado?! Tem mesmo que se ferrar, e o Edu tem que ganhar, porque ele é melhor homorista!"

Evidente que isso não respondeu minha dúvida. Pelo menos não de forma direta. Parando para analisar, meu irmão apoiou o(s) quadro(s) do Edu, pela imagem e participação do próprio Edu, não importando quais as reais mensagens ou piadas passadas pelo mesmo para seu público.

Que Edu é um grande comediante, isso é fato.


Mas há de se destacar o fato de que, certos quadros dele, são de agressividade excessiva. Onde ele denigre a imagem de seus colegas, não Guilherme Santanna, mas de todos. O humor dele é bom, sim, claro que é, mas não é perfeito. As falhas dele são gritantes, mas muitos acabam aceitando-as só pelo fato dele ser... fodástico.

Eduardo Sterblitch é um humorista criativo, cheio de desenvoltura, capaz de criar ótimos personagens e de longe, engraçadíssimos...

http://www.youtube.com/watch?v=H7YnKsfog28

Eu coloco esse quadro pro meu amigo que é deficiente visual ouvir, de tão engraçado que é...

Infelizmente, ele também é capaz de produzir coisas que são... repulsivas...

http://www.youtube.com/watch?v=mTaiOUWoRO4

Isso não prejudica sua imagem, afinal, ele não deixa de ser engraçado, mesmo pondo seus próprios colegas em situações que ele não se colocaria...

Já houveram vários momentos em que Edu simplesmente se recusou a participar dos quadros alheios...

http://www.youtube.com/watch?v=U6vvj2AWgog

Mas impediu que os outros o fizessem, sob ameaças...

http://www.youtube.com/watch?v=61HbCfe8Pqk

Sei que cada um tem seu jeito de trabalhar e tudo mais... porém isso só acaba prejudicando a si mesmo, ou pior, pode prejudicar o quadro inteiro, ou até o programa inteiro.

Guilherme Santanna não é um amador, ele seria o oposto de Eduardo... sendo capaz de por mais abusivo que pareça, dar o sangue pelo programa do qual ele se orgulha


O cara não é nenhum santo, e sua perversidade é percebida a quilômetros...

Apesar disso, o cara conseguiu se manter de cabeça erguida, mesmo demonstrando certa infantilidade...

Dentre altos e baixos... chegamos nesse impasse... Guilherme e Eduardo lutando por um lugar em comum... em lados opostos do programa.

Ambos são membros importantes do elenco, mas nenhum deles é essencial... Como todos que acompanham o Pânico sabem, o elenco principal é formado pelos:

O "âncora" Emilio Surita



O "animador" Bola



A "musa" Sabrina Sato



O "desagradável" Vesgo



O "arregão" Ceará



E o Carioca "hemorroida".




Estes são os... personagens principais... do programa, os quais caso fossem retirados do mesmo, levariam uma parte muito significativa e característica do mesmo com eles. É terminantemente impossível pensar em Pânico na Televisão sem esses personagens...

Claro, não da pra desmerecer outros membros do elenco... porém os mesmos são sim... menos essenciais, impossibilitados de substituição, pois também são características e marcas individuais do programa, e seriam perdas também muito significativas, mas um tanto quanto... contornáveis.

São eles:

O "carrasco" Bolinha



As Pânicats



O "Impostor"



O "Alfinete"



dentre outros... que de certa forma tem uma participação enorme no programa, mas não é tão frequente quanto a dos "principais"... eles também possuem uma enorme importância e caso deixassem de participar permanentemente do programa, fariam uma enorme falta... mas por não serem tão frequentes quanto os "principais", acabam sendo... menos importantes... alias... alguns deles tem mais jeito "pânico" que vários membros ativos do Pânico atualmente, inclusive elencos de palco.

Edu e Gui fazem parte desse segundo grupo de importantes membros do Elenco do Pânico.

Apesar de ambos terem uma participação maior, e terem uma vaga no palco e talz, eles não são nem metade do que os principais são. O porquê disso é simples: Eles não tem ainda a "alma" do pânico.

Pois bem...

Quando meu irmão falou suas razões para adorar o quadro do Edu e apoia-lo, eu também deixei claro as minhas:

"Guilherme é novato, fato, mas Edu também não é velhinho não ta... ele é um dos membros mais recentes também! A quanto tempo você assiste Pânico seu merd4? Eu sou mais velho que você e conheço essa bost4 melhor que você então cala a boca e para de ser baba ovo do Edu... seu puxa saco de merd4!"

Sim, essas foram minhas palavras.

Totalmente sem argumento aparente, eu tentei de fato impor minha opinião... como se eu fosse dono da verdade.

Isso foi um erro, que logo em seguida eu decidi corrigir. Eu esperei o programa acabar e comecei a conversar mais com meu irmão. Durante a conversa tentei novamente me explicar, porém fui um pouco menos agressivo e tentei ao invés de impor as coisas, expor.

Primeiro, eu disse qual foi minha expectativa e experiência com 'Fodástico'

http://www.youtube.com/watch?v=W-ufwTDl6W4

"Velho, você viu como eu me rachei só com a vinheta 'Fodástico'... tinha tudo pra ser um quadro magnifíco e engraçado... mas no momento em que o mesmo passou, a decepção foi grande. Tinham coisas engraçadas... muitas alias, porém também tinha coisas desagradáveis... já fiquei meio confuso e abalado quando o Carioca imitou a mãe do Guilherme Santanna, fazendo depoimentos sobre o bullyng que seu filho sofria e tudo mais... eu não vi graça na imitação... nem se quer entendi a imitação. Foi ofensiva e com o intuito de ofender, e mesmo pros 'padrões do pânico' não vi humor algum nisso. A imitação foi inoportuna e sem qualquer nexo ou foco... foi fraca. Depois veio o depoimento do Poderoso Castiga, eu adoro o quadro dele você sabe e de fato foi engraçado, porém mais uma vez, tentou atingir o Guilherme Santanna, de forma menor e menos agressiva (sim, o cara foi menos agressivo, se considerar a personagem), porém a marcação também foi presente. Por fim, houve o beijo da Carol Dias e do Edu... pra que? Não vi humor nisso... foi uma descarada forma de atingir um único alvo, Gui Santanna, sendo que o programa deveria ter sido feito para levar humor ao público e vitalizar um quadro novo."

Em seguida, eu disse qual foi minha expectativa e experiência com 'Pânico na Bunda'

http://www.youtube.com/watch?v=fEgje_p8dVE
"Mano, muito bem bolado isso. É um quadro que busca zoar o passado do Pânico, e faz isso bem. Não ta tentando atingir moralmente ninguém, apenas está tentando mostrar algo engraçado... alias, resgatar essa graça a muito esquecida por alguns participantes do Pânico... Só acho que fez uma mescla meio forçada entre o Pânico na Band e o Pânico na TV... tipo o nome... esse 'Bunda' como referência a 'Band' não faz muito sentido, sendo que o quadro é pra zoar o antigo Pânico, com breves elementos do atual... acho que algo mais vinculado ao 'TV' seria melhor... também acho que seria bem legal se o Gui pelo menos tentasse usar elementos originais do cenário mais marcante do antigo Pânico, exatamente pra ilustrar melhor o quadro. Ainda assim, achei muito bem bolado. A imitação do Gui e sua enfase nas principais características de todos do elenco é perfeita... por mais que Guilherme seja infantil ou desmerecedor de destaque decente no programa, esse quadro em particular ficou incrivelmente perfeito, inovador e criativo."

Meu irmão apenas balançou a cabeça e disse:

"Ele ta repetindo as piadas antigas do pânico, qual a graça disso? Pelo menos o Edu ta sendo original!"

Ai ele demonstrou total menosprezo sobre minha opinião, e ainda deixou claro que achava a minha sem nexo nenhum.

Foi ai que segui pra segunda abordagem... a Surra... zuera, eu disse:

"Esqueci que você é só um adolescente e seus olhos ainda não estão completamente abertos"

Ele fez mó cara de nojo pra mim... que quase me fez dar uma surra nele... mas me segurei e continuei:

"A principal diferença entre o quadro do Edu e do Gui, que são o que estão em questão no momento, é o fato do Gui ter tentado de fato levar humor ao público, enquanto Edu tentou atingir o Gui. Essa guerrinha entre Edu e Gui já passou dos limites e o Edu ainda ta tentando mostrar que é melhor que o Gui, sendo que isso não significa nada, o objetivo dele deveria ser mais profissional... Guilherme ta tentando ser mais profissional e mesmo em suas referências, ele tenta não ser agressivo a ponto de causar desconforto, mas sim, humor."

Meu irmão me olhou com maior atenção a partir de então... e ai comecei minha análise sobre Pânico na Televisão.

Perguntei pra ele se ele sabia o que era uma paródia. Ele não conseguiu responder. Dai pedi pra ele diferenciar os filmes "Kick Ass", "Super -Herói", "Homem Aranha" e "O Espetacular Homem Aranha".


Ele não conseguiu definir com clareza, mas disse que Kick Ass é um humor mais sério, Super Herói é zoera com herois, Homem Aranha é um filme daora e O Espetacular Homem Aranha era uma bost4.

Pois ai eu expliquei:

Kick Ass é um filme do gênero ação com elementos de humor. Ele referencia alguns elementos do mundo dos quadrinhos, principalmente o do Homem Aranha, porém não passa disso. Seu clima e história é trabalhado de forma original e detalhada, porém apesar de sua base, não tem nenhum tipo de vínculo com qualquer obra dos quadrinhos mais famosos, nem tenta imita-los, muito pelo contrário, por buscar originalidade, se distanciar das coisas comuns foi uma das coisas mais atrativas desse filme.

Super Herói é um filme feito basicamente em cima de outros filmes de super herois, principalmente Homem Aranha. Ele é caracterizado pela constante referencia e conversão de cenas famosas dos filmes de herois em coisas engraçadas, no bom e velho estilho Paródia.

Homem Aranha é um filme feito à imagem da HQ da Marvel de mesmo nome. No caso, como há vários universos diferentes e muitos tipos de homens-aranhas na Marvel, o Homem Aranha do filme é baseado em apenas um desses tipos, sendo o que se envolve com Mary Jane Watson e solta teias da própria veia.

O Espetacular Homem Aranha é um filme semelhante ao citado anteriormente, porém, ele usa elementos de outro universo da Marvel, onde o Homem Aranha tem várias características diferentes, dentre elas o fato dele ter de usar um mecanismo recarregável de cartuchos de Teia para lançar Teias e etc.

Logo, assim da pra entender bem como uma paródia funciona. Dentre as várias formas de se trabalhar uma ideia, parodiar significa usar uma imagem ou ideia já existente, de forma a torná-la engraçada, sem se preocupar em referencia-la. remakes, remasterizações e as coisas que se baseiam em algo nem sempre são parodias, e podem surgir de muitas formas diferentes, como as desses 4 filmes. Porém no final, paródias se destacam por serem diretamente vinculadas as suas bases, sem se prender a historias das mesmas, e visando somente o humor.

Com isso, fui a última parte da minha explicação:

A Paródia da Paródia da Paródia.


Pânico na Televisão, nasceu inspirado na paródia cinematográfica de "Todo mundo em Pânico", esta que era composta por vários elementos parodiados e referencias a vários filmes de terror da época, convertendo-os na forma mais engraçada possível.


Além disso, Pânico também incorporou vários outros elementos para melhorar a qualidade do programa, como por exemplo o estilo "Jackass"...


e "Monty Python"...

Alias, veja esse vídeo desses caras, é simplesmente hilário: http://www.youtube.com/watch?v=AZgQinsClLQ

Mas em seu ínterim, sempre tentou manter o foco no estilo "Paródia". Pânico desde o principio buscou parodiar a realidade da mídia, da sociedade, política e por ai foi... tudo que pudesse ser zoado, seria zoado, e uma das formas mais práticas pra se zoar algo, é imita-la.


Ontem, dia 28/09/2013 foi aniversário do Pânico, de 10 anos, porém como houve uma transição entre emissoras, os direitos de imagem do antigo Pânico, o Pânico na TV, ficaram sob posse da Emissora de Televisão Rede TV, enquanto o novo Pânico pertence a Emissora de Televisão Bandeirantes. Ambas são concorrentes de ibope no canal aberto brasileiro, então, a Rede TV acabou ficando com as imagens do Pânico na TV, enquanto a Band ficou com as do Pânico na Band. Ambos são os mesmos programas, e o aniversário se aplica a inauguração do Pânico na TV, porém, pela falta de posse das imagens, o Pânico ficou incapaz de fazer se quer uma auto-homenagem, afinal, do que falar se não pode-se mostrar?


Dai vem a genialidade do quadro 'Pânico na Bunda'. Ele tenta retratar o antigo Pânico, mas não de forma supérflua, ele busca enquadrar os melhores momentos e zoa-los, parodia-los, faze-los engraçados, e ainda trazer um certo ar de nostalgia. O fato do elenco oficial do Pânico na Band não participar dessa paródia da paródia... o respeito dela pelo próprio programa e seu memorial é em si uma homenagem viva ao mesmo. Esse quadro não está repetindo as piadas antigas, ele está restaurando-as e parodiando-as... de forma a tornar o que era engraçado, ainda mais engraçado... um belo exemplo que eu não consigo parar de pensar, são as letrinhas passando no final do quadro... rápidas... engraçadas... perfeitamente colocadas... considerando que é uma paródia incrivelmente bolada e respeitosa.


Apesar de parecer apenas um quadro repetido, que traz a tona os antigos quadros do panico, Pânico na Bunda consegue fazer piada em cima das piadas... o que torna ele original... e com mais características do Panico que muitos dos quadros atuais do programa.

Encerramento Trágico do Elenco


Infelizmente, Edu não entende o que ele está fazendo de errado, mas depois do quadro mostrado hoje, ficou claro que ele não pretende parar de errar tão cedo. Ele está levando o humor a sério, tentando justificar algo que deveria ser engraçado, como sendo repulsivo e prejudicial, sendo que ele mesmo fazia isso aos outros. Não é querendo apoiar as atitudes de Guilherme Santanna, claro que não, porém deixo claro que achei o quadro dele torturando o Edu bem melhor que o do Edu torturando ele ou qualquer outro.

"Fodástico" seria muito engraçado, só o nome já é por si bem engraçado, mas não foi. Em sua prática, dentre as muitas piadas "originais" Eduardo só tentou atingir o Guilherme, e deixou claro que estava pouco se lixando pro público. Seu sorriso estampado ao ver que Gui venceu a "competição" de qual quadro permanece já deixou claro que, seu principal objetivo, era só causar um pouco de transtorno e como o próprio Emilio disse: "Humilhar Guilherme Santanna em público!"

Depois disso meu irmão saiu do meu quarto sem dizer uma palavra.

Eu o chamei, depois de 1 hora, e lhe perguntei se ele entendeu o que eu quis explicar... ele respondeu com as seguintes palavras:

"Agora sim entendi... mas ainda acho o Edu mais engraçado..."

Bem... eu não sei por que escrevi isso... duvido que alguém lerá... mas achei interessante postar... então é isso... comente se quiser... se ver alias... se n comentar nem grila, mas pra comentar n tem que cadastrar nem nada e tipo... ajuda né... se que sabe... até

11 comentários:

  1. Não gosto do pânico :3

    Então porque li? Sei la o.o

    By Criador.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É dificil falar se gostei pq não gosto do pânico, mas o texto esta bem escrito.

      Espero que o povo do panic morra.

      Excluir
  2. Bom texto, com o tempo o pânico deixou de fazer um humor engraçado se tornando algo mais apelativo.
    Um claro exemplo disso era aquele quadro do "vai sabrina!" putz, eu odiava aquilo u.u

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quem não odiava? São quadros assim que tiram a graça... Pânico era legal pelo humo maluco... mas no caso do Edu, violência, brutalidade e agressão é usada como forma de produzir humor. Ninguém gosta de quadros assim, mas o cara é engraçado e por conta disso, as pessoas acabam suportando.

      Eu ia atualizar esse post com os novos capítulos da trama, mas nem vale a pena, o Gui vacilou, se deixou levar pelas provocações do Edu e do Carioca, e acabou rebatendo elas, acabando com a beleza por trás de "Pânico Santana" que foi a adaptação do "Pânico na Bunda", as piadas ficaram fracas, tiveram várias indiretas pros comediantes rivais, e no fim o cara acabou ostentando o cinturão, deixand ouma clara imagem de egoismo e luxúria. Podrão... Gui começou com uma ideia genial, mas simplesmente despencou, abrindo lugar pro idiota do Edu continuar com seu humor apelativo.

      Eu até gostei do novo quadro do "Poderoso", é muito engraçado e talz, pela própria personagem... mas é só questão de temp oaté o Edu começar a transformar esse quadro em algo apelativo... com ode costume... agora... a velha essência de Pânico se apagou novamente... =/

      Excluir
  3. Pânico ja foi engraçado, a muito tempo eles foram, agora só são um monte de retardados que não sabem o que é humor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah não sr... você não leu isso...

      Sério me desculpe por essa postagem, é uma das que me envergonho. Mas concordo contigo.

      Excluir
  4. Não , não estou te criticando, estou criticando o proprio Pânico e o Edu, na minha opinião você deve aceitar zoar os outros e ser zuado, isso faz parte de ser comediante, mas o cara não aceitar mas achar certo zoar os outros ja é sacanagem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Novamente eu concordo, mas permaneço envergonhado. Eu escrevi uma postagem sobre um programa que hoje, da nojo. Isso porque na época eu ainda tinha esperanças de ver algo ao estilo Jackass (que apesar de ser tosco, é engraçado em alguns momentos, pela zoera compartilhada pelo bando de malucos irresponsáveis.)

      Infelizmente panico deixou de ser engraçado faz muitos anos, justamente pela indecência elevada e ignorante. A comédia morreu faz muito tempo. Eu lembro de achar incrível as piadas rápidas que os caras faziam quando entrevistavam gente famosa, piadas que iam fundo do baú e eram totalmente improvisadas, era um tipo de arte. Mas daí virou put4ria e um monte de insultos sem razão, piadas fracas ou repulsivas, merchandise acima de tudo, pornografia gratuita, vish man, virou um lixo televisivo (bem como boa parte da tv aberta). Mas fazer o que, hoje a internet domina o humor rs.

      Excluir
  5. Ps: foi mal ai pela minha rage, tinha que desabafar isso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ps2: quis dizer "meu rage", maldito corretor!

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Seguidores do Google+